Salicórnia - o sal verde de Aveiro.

01-10-2020 178 Visualizações Viagens, Natureza, Experiências

 

Salicórnia 

O sal verde

 

 

 A Salicornia ramosissima é uma planta halófita* suculenta da família Chenopodiaceae, que cresce naturalmente em algumas zonas do litoral. Desenvolve-se em solos salinos, em zonas temporariamente encharcadas do litoral, isto é, sujeitas as marés, e em lagunas salobras do interior. Ocorre em áreas de sapais, e nas arribas temporariamente encharcadas por água salgada ou salobra, bem como nas salinas. Esta planta, pela característica lagunar da cidade, existe de forma abundante nas salinas de Aveiro.

Considerada como o "Sal Verde" devido aos potenciais benefícios nutricionais e propriedades funcionais, a salicórnia atualmente está a receber um grande interesse nos mercados dos chef's de cozinha e dos produtos farmacêuticos. 

 

Características:

Planta adaptada aos ambientes salinos, suportando a imersão temporária por água salgada. Planta com elevado teor de sais e rica em proteínas. Característica pelo seu aspecto carnudo e sabor salgado, vem sendo utilizada utilizada na alimentação, particularmente em França. Pode ser comida crua, cortada em pedaços e misturada em saladas, para temperar, substituindo o sal, mas também ser cozida, servindo de acompanhamento, sobretudo em pratos de peixe ou por exemplo com mexilhões. Pode também ser cozinhada ao vapor, ou salteada, servindo para acompanhar pratos de peixe. Usa-se também para quiches ou pratos de ovos, razão porque também é conhecida por espargos do mar. Planta Medicinal: apresenta actividade anti-oxidante, anti-tumoral, diurética e repositora de eletrólitos.

 

 

 salicornias

 

Descrição:

Planta anual. Caules até 30 cm, normalmente bastante ramificados, com ramos erecto-patentes. Inflorescência (espiga) terminal de 2-3,5 cm; com 10-14 segmentos férteis. Segmentos férteis de 1-3mm de altura, de lados convexos, raras vezes paralelos, com margem superior escariosa longa (de 0,2-0,3 mm). Flor central do topo longitudinal maior do que as laterais, com a sua base geralmente coberta pela margem escariosa do segmento inferior. Anteras de 0,4-0,5 mm. Sementes de 1,1-1,4 x 0,5-0,7 mm produzidas pelas flores centrais do topo. Floresce e frutifica de Julho (Setembro) a Novembro planta anual de cerca de 3-40 cm.

 

salicornia venda

 

 ---

 

Planta halófita - Em botânica especialmente do ponto de vista da ecologia denominam-se halófitas as plantas que, sendo essencialmente terrestres, estão adaptadas a viverem no mar ou próximo dele, sendo tolerantes à salinidade. A sua tolerância pode atingir até cerca de 15 g de cloreto de sódio por litro, equivalente a metade da concentração da água do mar. Essas plantas absorvem, por exemplo, o cloreito de sódio em altas taxas, acumulando-o em suas folhas para estabelecer um equilíbrio osmótico com o baixo potencial da água presente no solo.

 

---

Para venda de Salicórnia contacte-nos.

 


Telemóvel: (+351) 915 390 990 
geral@experimentaveiro.com


Comentários